Minha lista de blogs

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Amanhã vai ser maior?


21/06 - 05:00 - Brasil

Por Lari Lará* 

Estou sendo enganada por todos os lados. Pela mídia, pelo facebook, por movimentos que eu acreditava. Com a intensidade cada vez maior de protestos e adesão absurda de manifestantes (2 milhões no rio hoje?), a depredação das cidades, a já atuação do exército, marinha, guarda nacional, estou me cagando de medo! Desestabelecemos a ordem, é óbvio que essa ordem precisará ser reposta, vivemos sobre várias ordens. Dizem que o governo e a PM estão esperando o povo cansar, mas meu, ninguém vai cansar! Essa massa está sendo reprimida a anos, já perderam pai, filho pra PM. A vida deles agora tem sentido de novo. Quantas lojas mais o governo vai permitir que sejam saqueadas, quantos dias mais de quilômetros de congestionamento no horário de pico em SP?

Claro que aonde eu vivo, curitiba, cidade conservadora exemplo, as coisas estão diferentes. Galera não veio da vila torres, do tatuquara pra manifestar. Continuamos apenas com a classe média semi consciente. A marcha hoje aqui em curitiba diz que seguiu dividida, pra um lado foram os com bandeiras de partidos (todas vermelhas) e pra outro os apartidarios, agora chamados de direita ou direita extrema, ou manipulados da mídia... Depois todos se encontraram pra não fazer nada no centro Civico. Me pergunto qual das marchas eu teria seguido...

Extrema direita era algo que (na minha ingênua percepção de evolução da consciência) estava se extinguindo. Quem ainda é de extrema direita? A página da frente integralista fascista brasileira não tem nem 2mil likes (já é muito, dado as barbaridades). O nacionalismo exacerbado e o apartidarismo político são características fascistas. Tem muita gente com foto de bandeira no perfil do face que ta pagando de fascistinha sem saber. Hoje li sobre o anonymous também já estar mais pra lá do que pra cá. Aqui temos também todas as mídias televisivas de canais abertos brasileiros, e os inesquecíveis "infiltrados". Como o bombadinho intitulado "vândalo do sapatênis". (Hoje a veja mais uma vez se mijou nas calças dando risada quando escreveu, aprovou e publicou a matéria sobre o boyzinho. Esqueceu, é claro, de apurar os boatos de que ele é filho de um empresário dos meios de transporte.)

Pierre Ramon Alves de Oliveira, filho de empresário de transportes

Querem a todo custo reprimir os partidos e deixar as pessoas sem referência (como eu estou agora), sem ter onde se agarrar, para que os únicos grupos que continuem fortes e organizados acabem sendo as igrejas e os militares. Querem, a todo custo, transformar nós (contra a baderna, contra a pixação, “sem violência”, bandeira enrolada no corpo) em agentes da extrema direita.

Liliana Ayalde e Barack Obama -  Liliana Ayalde e chanceler  Héctor Lacognata 
Hoje li que a nova embaixadora dos EUA no Brasil é a mesma embaixadora que estava trabalhando no Paraguai quando deram um golpe de estado em Fernando Lugo, foi nomeada pelo Obama em 14/06/2013, 4 dias após terem início as manifestações em São Paulo e no dia seguinte a uma primeira grande manifestação. Liliana Ayalde, procurem sobre isso. 

A extrema esquerda, o caminho oposto. Insistem em levar suas bandeiras de uso coletivo com se todo mundo que estivesse nas manifestações fosse vermelho também. Está, todavia, agindo melhor que a extrema direita. As propostas são boas, estão sempre lutando pelas classes oprimidas. O que me incomoda é o comunismo como sistema estabelecido. Os exemplos que eu tenho, como Cuba (pai do meu filho mora lá), não me fazem querer trocar isso por aquilo. Apesar de ser um caminho fácil de entender e uma saída óbvia a brutalidade do sistema capitalista, é um sistema que não conheço, que ouvi falar mal desde que nasci (moro no brasil), que já cheguei a defender quando cursei história na faculdade, mas que hoje vejo que é ultrapassado, que podia e devia a muito ter evoluído para algo que todos clamassem por isso, o que não é o caso. Chavez quase conseguiu. Aqui no brasil isso não vai acontecer, não depende só do brasil. De toda forma a extrema direita se beneficia com essa bateção de pé da esquerda de querer levar bandeiras a todo custo, estão criando antipatia com isso em pessoas que não são fascistas nem de direita, mas que estão sendo “somadas” ao grupo de extrema direita sem perceberem. (https://www.facebook.com/revolucaocomunista )

Eu quero outro sistema, outros partidos, outra política. Quero consciência difundida, quero respeitar e resgatar outras tribos e religiões que não sejam apenas as cristãs. Quero viver em harmonia com a natureza, mudando nossos hábitos em função dela, e não a destruindo em função dos nossos hábitos. Quero que a vida seja respeitada em todas as suas esferas. Acho que não estou sozinha com esse pensamento! Não quero trocar uma manipulação por outra! O povo precisa de informações verdadeiras, de um movimento guiado por outros interesses, com consciência global, baseado em amor ao próximo, em conhecimento.

Foi um deslumbre lindo, mas foi rápido e logo se tornou pânico. Pânico de continuar como está, com o renan e o Feliciano no poder e o terror instaurado no Rio de Janeiro e São Paulo. Mas também pânico de irmos para algo pior, como movimentos extremistas, sejam de esquerda ou direita.A presidentA que é dita vermelha, amiga de Hugo Chavez, presa na ditadura... Por que não deu início a uma reforma agrária, não defendeu os índios contra as construtoras em Belo Monte? Que tipo de governo vermelho é esse? A quem representa? 

Existe mesmo alguém capacitado, de alma nobre e pulso firme pra liderar uma mudança nesse país? Grandes pensadores orientais defendem que um dia, com a evolução da consciência, não precisaremos mais de líderes. Mas enquanto esse dia não chega, estamos nas mãos de empresas e grandes corporações, agora precisamos de um governo que nos defenda delas.

Mas ao parece que não vamos nem poder escolher pra qual lado correr, já estamos sendo golpeados.



*Lari Lará, historiadora e fotógrafa



Fonte: Recebido da própria autora

Imagens: Google(colocadas por este blog)




4 comentários:

Aldo Luiz Fonseca disse...

Melhor título seria: "Amanhã vai ficar pior!"

190 000 000 de iludidos pela emoção da ignorância... Neste jogo milenar casa grande x senzala você é sempre o despreparado. "O PODER" escravista e torturador se preparou para isso. Você não. Ai de você! Com suas escravistas ilusões pequeno burguesas... Sobrevivemos do improviso. Ai de nós! Sinto muito, sou grato.

BURGOS disse...

Aldo

É meu amigo, como você bem diz: "190 000 000 de iludidos pela emoção da ignorância".

É triste, mas é fato!!!

Um grande abraço meu amigo

Vapera disse...

Caros,
Ousarei palpitar uma solução, que pode até não ser a melhor, mas é a mais lógica.
Quando somos "donos" (coloquei aspas porque não somos donos nem de nossas vidas, e só o que temos é a morte, essa ninguém nos toma, e só a aceleram se deixarmos)de alguma coisa temos como hábito proteger, defender essa coisa, inclusive com medidas até extremas.
Entendido isso, observo que o Brasil (não a fossa brasilis) tem dono, pelo menos figurativo, já que ter de verdade é impossível como mostrei.
O Rei, o monarca é a figura representante de "posse" da nação.
O Rei D. Pedro segundo tinha um salário menor do que qualquer excremento presidente, menor do que qualquer barnabé com DAS nessa fossa brasilis!!
A família real tinha rendimentos menores do que qualquer famiglia abastada que parasita o brasil hoje em dia.
Foi D. Pedro quem fez as maiores realizações dessa terra, inclusive com inflação controlada (não tentem achar isso em livros de "istória", pois isso a república não vai mostrar, pois quem conta os fatos são os vencedores e sempre ao favor deles, mas acharão no site do partido monarquista), seu descendente direto com direito ao trono, se pronunciou e a excremental mídia fez questão de distorcer o que ele falou! Ele disse que estava substanciada uma interferência externa para insuflação e desestabilização do poder e por conta disso, mesmo apoiando todas as reivindicações, não apoiava as passeatas.

Os Monarcas Não são aventureiros querendo encher as burras, são pessoas preparadas desde o nascimento para serem Monarcas!!
Não são terroristas travestidos de guerrilheiros, e nem salafros parasitas de etnia escolhida de deusecos pederastas e misóginos.
A família real brasileira não teve chance nos últimos 115 anos de fazer nada para o bem do povo, e todos os excrementos que governaram desde então só fizeram merda.
Não estaria na hora de eleger um personagem que com certeza Não é corrupto, pois não precisa, tem na honra valores muito mais fortes?
O monarca é de berço, e a corrupção tambem, só que são extamente os extremos opostos entre si.

Na Monarquia o Brasil Império era uma nação respeitada e depois disso virou fossa para excrementos desde pederastas até ladrões e messalinas, e temos mc catra, valesca poposuda e outras iniquidades.

Por que não escolhermos aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de mostrar a que vieram?
Os outros todos já mostraram suas bandeiras, a militaria, a politicalha, a judiciaria (essa virou Reinado dos bastardos) e os excrementos grupos empresariais.

Vamos colocar O REI no poder e quem sabe ele desenterra a nação como o Rei Arthur desenterrou a escalubur para o povo não tomar no ur!!
E quem sabe enterra a escalibur nos excrementos que desgovernam essa nação, que ele passe ao fio da espada os lixos que sabotam o Brasil, e legitimam a fossa brasil.

Longa vida ao Rei.

Tibiriçá disse...

Vapera muitos sabem, outros não, que a derrubada das monarquias pelo mundo foi um trabalho judaico, pois para eles era intolerável que houvesse um Rei com carisma que se identificasse com o seu povo e por conta disso os protegia, numa sociedade assim o agente patógeno-judáico era expulso. Claro assim como haviam bons reinados, também haviam reis pusilâmines, escroques cooptados na sua corte pelos "patrícios" e por conta das intrigas desses (conselheiros) acabavam ficando reféns desses parasitas. Todas as revoluções que se fizeram sempre houve o cunho ideológico sinárquico a França foi o exemplo mais clássico - Vejam que apelo de marquetim surgiu, um mantra perfeito para fazer a cabeça do povo "Liberdade, Igualdade, Fraternidade" naquela época foi assime assim, penso que foi o maior sucesso de propaganda jamais visto nesse orbe, e o sucesso foi tão grande que essas palavras são a pedra angular das constituções ocidentais. E hoje vemos a massa ignara metida espertinha repetindo o mesmo mantra, porém com outras palvras, é hoje a mesma coisa com esse mesmo mote com algumas nuancês mais sofisticadas, mas no fundo é a mesma coisa. A Monarquia "evoluiu" para a República, para o Estado Nação e agora a mesma propaganda sinárquica está destruindo a República e o Estado Nação com o mesmo tripé "Liberdade, Igualdade, Fraternidade". Liberdade, libertinagem, esculhambação - Igualdade, a maior mentira que só um mentecapto consegue absorver e acreditar e Fraternidade, Passividade, "ovelhismo". Isso é tudo que a sinarquia precisa e pior ela tem. Essas manifestações só foram um passo, um ensaio.

Muitos vão se cagar de rir, mas só quem pode nos salvar é o Rei.

Os ignorantes preferem tomar no cú com a demo-cracia, mas jamais vão admitir serem súditos do Rei.

Sucesso

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...