Minha lista de blogs

domingo, 31 de agosto de 2014

Ebola: mais uma pandemia lucrativa

 
 
 
O Ebola é uma "febre hemorrágica", doença grave transmitida por um vírus e traduz-se por um quadro febril acompanhado de hemorragias e imunodepressão. A taxa de mortalidade é elevada, podendo atingir os 90% e actualmente não existe qualquer tratamento. A transmissão é feita pelo contacto com pessoas infectadas e não por via aérea.

Um tratamento milagroso.

Após ter sido hospitalizado em Atlanta, nos Estados Unidos, o médico Kent Brantly, saí desse hospital passado poucas semanas, como um herói, curado e rodeado de um aparato mediático impressionante.

Declara: "Deus salvou-me a vida". Após agradecer à equipa médica e às milhares de pessoas que em todo o mundo rezaram para a sua cura, acrescenta: "Por favor, não deixem de rezar para os povos de África Ocidental".

Para além das rezas, Kent Brantly, terá recebido, no hospital, um tratamento experimental e passado poucas horas o seu estado clínico melhorou tanto que até foi visto a deambular no seu quarto.

Este "milagre" levanta algumas dúvidas: será que este médico estava realmente infectado ou tudo não passa de um show mediático, dada a cura inesperada e tão célere?

Será mais uma epidemia mundial com contornos lucrativos por parte do lobby farmacêutico?


Chegou a vez dos...morcegos.

O Ebola é uma zoonose (doença transmitida do animal ao homem), outrora raras estão a tornar "moda", já tivemos as vacas, os porcos, as aves e agora fala-se que inicialmente o Ebola poderá ter tido origem nos morcegos-da-fruta que o terá transmitido aos macacos e aos porcos.

O lobby farmacêutica sempre à espreita...

O novo medicamento, chamado Zmapp, foi desenvolvido pela companhia de biotecnologia Mapp Biopharmaceutical Inc de São Diego, na Califórnia. Esta empresa trabalha em colaboração com a empresa canadiana de biotecnologia Defyrus.

Este medicamento terá sido descoberto durante um programa financiado pelo Instituto Nacional de Saúde e a Agência de Redução das Ameaças de Defesa, ligada ao ministério da Defesa americano e especializado na luta contra ameaças químicas ou biológicas.

A empresa canadiana, Tekmira Pharmaceuticals, também tem um contrato de 140 milhões de dólares com o departamento de Defesa americano para tentar encontrar um tratamento contra o Ebola, o seu protótipo já se encontra em fase de ensaios clínicos desde janeiro de 2014.

No dia seguinte ao repatriamento de Kent Brantly, a cotação da Tekmira subia 33% na bolsa de Nova Iorque. No dia 09 julho deste ano, a empresa Tekmira recebeu 1,5 milhões de dólares da Monsanto, teoricamente para a investigação de produtos na área da agricultura. Esse valor poderá alcançar um total de 86,2 milhões em função do sucesso do projecto.

Entretanto, a empresa japonesa Toyama Chemical, diz ter homologado em março um medicamento contra a gripe, composto por três anticorpos monoclonais, chamado de favipiravir e comercializado com o nome de Avigan, que poderá tratar o Ebola.

A corrida aos milhões está lançada.

A malária mata mais de 3 milhões de pessoas por ano no mundo.
 
A tuberculose mata mais de 2 milhões de pessoas por ano no mundo.
 
As doenças diarreicas matam mais de 2,5 milhões de pessoas por ano no mundo.
A AIDS mata mais de 3 milhões de pessoas no mundo. 
 
A poluição do ar mata mais de 7 milhões de pessoas por ano no mundo.
 
A doenças ligadas às condições de trabalho matam mais de 2 milhões de pessoas por ano no mundo.
A fome mata mais de 3 milhões de pessoas por ano no mundo.
 
 
Fonte: Octopus 
 
 
 

2 comentários:

taawaciclos disse...

Olá Burgos!

Aproveito a minha natural preguiça para escrever e faço copia/cola de mim próprio!

Verificando por alto alguns dados dos países envolvidos neste "surto" de algo, reparei que na Serra Leoa 8afectado pelo tal "surto" o uso abusivo e generalizado de um certo antibiótico que tem como efeitos secundários expressões que se podem associar à tal da infecção pelo tal vírus não deixa de ser curioso! Depois temos o natural facto de insuficiência de vitamina C, ela própria produz efeitos idênticos aos que são atribuídos ao tal vírus e que podem ser atribuídos a ele! Mas enfim... Tal como sempre o DINHEIRO é o que importa o resto é CIRCO!

De resto é curioso constatar que neste caso os ANTICORPOS são utilizados para curar a infecção... E no caso da SIDA a presença de anticorpos no nosso organismo são indicação de MORTE! Sempre divertidas estas estórias de encantar!

De resto há uns dias atrás passou uma reportagem (acho que na TVI) de um daqueles postos de saúde no qual o director disse que já tinham curado 8 pessoas que tinham lá entrado com a dita infecção! E sem Zmapp!

Se calhar deu-lhes vitamina C (e não só!) por via intra-venosa... E voilá!

Resta o pessoal aceitar a propaganda do ZMAPP e VIVA O LUCRO!

Fica aqui alguma info adicional!

Estudo "Potential for Bleeding with the New Beta-Lactam Antibiotics"

Na Serra Leoa 5 hospitais e 15 farmácias distribuem disto como quem distribui água!

O estudo aqui! Mas a culpa é de quem?!? Claro...Dos morcegos!

Depois não esquecer os pesticidas que apesar de banidos nos nossos países continuam a ser vendidos aos africanos e por eles utilizados em grandes quantidades, e muitos deles provocam o quê?!? Claro... Dos morcegos!

Se juntarmos a estes banidos os que são vendidos junto com os produtos OGM então o cenário é absolutamente admirável!

Este vídeo é engraçado! Repara na alteração de discurso após o minuto 1:13!

Mas enfim... A culpa já sabemos que NUNCA É NOSSA!

É sempre de algum animal... neste caso dos morcegos! São uns sacanas estes animais!

Resta-nos O SALVADOR!

SALVÉ ZMAPP SALVÉ

Bjhs e festinhas
VOZ

BURGOS disse...

Voz

Teu excelente comentário complementa o post do nosso amigo Octopus.

Causar medo e gerar pânico sabemos que é a arma da indústria famacêutica.


Um grande abraço meu amigo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...