Minha lista de blogs

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Hillary acusada de sabotar a China em Mianmar


Um editorial do jornal oficial Global Times, considerado porta-voz do regime chinês, acusou nesta sexta-feira a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, de estar sabotando a China na sua visita a Mianmar, até agora um país da área de influência de Pequim.

"Hillary deveria ter deixado claro que a China raramente tem por alvo os Estados Unidos. A estratégia de volta à Ásia dos EUA foi especificamente planejada contra a China", defende o artigo, em referência a palavras da secretária de Estado.

Em seu caminho a Mianmar, Hillary Clinton pediu aos países emergentes que fossem "compradores inteligentes" ao aceitar ajuda estrangeira e que desconfiassem de "doadores mais interessados em extrair recursos naturais do que em aumentar sua capacidade".

Suas palavras foram interpretadas pela imprensa como uma referência à China, principal país investidor em Mianmar e tradicional apoiador do regime militar, ao qual alguns analistas acusam de protagonizar uma nova forma de colonialismo na Ásia, África e América Latina.

O editorial é a primeira queixa da China à visita de Hillary, já que os porta-vozes governamentais mantiveram discrição sobre o assunto e apenas na quinta-feira pediram o fim das sanções que pesam sobre o regime de Mianmar, em resposta ao pedido da secretária de acelerar as reformas democráticas no país.

O texto afirma que a definição de Washington de ajuda estrangeira "é na realidade armamento e ameaças políticas", e acrescenta que "os EUA são o país doador que merece desconfiança".

Segundo o editorial, a China ajuda no desenvolvimento das infraestruturas e do bem-estar dos países nos quais investe, mas reconhece que a ajuda tem "defeitos", em referência às queixas birmanesas pela baixa qualidade dos produtos que exporta.

Nas últimas semanas, o governo de Mianmar interrompeu as obras de uma represa financiada pela China devido às reclamações dos ecologistas, críticas que os investimentos chineses receberam também em outros países nos quais aplica recursos.

"Hillary deve acreditar que sua diplomacia é invencível", apontam os editores do jornal governamental, que sustentam que as palavras da secretária de Estado são uma saída desesperada "à crescente incompetência dos EUA para tratar de sua própria crise". "Seu planejamento orçamentário indica que seu status de superpotência está a ponto de acabar", indica a publicação.

A China, que conta com a maior reserva de divisas do mundo, é um dos principais compradores da dívida americana e europeia.



Fonte: Terra

5 comentários:

Anônimo disse...

Olá Burgos,

Achei interessante compartilhar isto contigo:
http://www.tudosobreplantas.com.br/blog/index.php/entrevistas/a-mafia-medica-entrevista-com-ghislaine-lanctot/

Abraço,

João

maria disse...

Olá BURGOS: fui no site indicado pelo João e a entrevista com Ghislaine Lanctot é fantástica, além do site ser ótimo. Abraços

BURGOS disse...

João

Muito obrigado pelo link, adorei o blog.

Um abraço

BURGOS disse...

É Maria a entrevista é excelente, quem conhece o meio hospitalar sabe muito bem que o que ela fala é a mais pura verdade.

Abraços

voz a 0 db disse...

Já tenho o livro e vou lê-lo... pois só o início é fantástico... fica aqui um cheirinho!!!

"Food is irradiated, milk pasteurized, genes modified, water is contaminated, and the air
is poisoned. Children receive 35 vaccines before entering the school system.
Whole families are drugged; the father on Viagra, the mother on Prozac, and the
children on Ritalin. Soon, their security, their normality, and their happiness will be
assured by the implantation of the micro chip, as we do with animals. In fertility clinics
we produce, by artificial insemination, triplets and quadruplets, and a good quantity of
embryos are being stock-piled. Human cloning is around the corner. You have gone
mad, the cows cry at us."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...