Minha lista de blogs

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Gaúchos fazem campanha para que o Rio Grande do Sul seja anexado pelo Uruguay




Mujica, estoy listo para ser uruguayo

Enchi o saco de ser gaúcho y ahora estoy listo para ser uruguayo. Como escreveu o Samir Oliveira, do Sul21, as razões são múltiplas. Não, não queremos essa bobagem de meramente se separar do Brasil, queremos é ser anexados, queremos ser regidos por leis uruguaias e ter Mujica como presidente. 

Queremos ser o vigésimo departamento do Uruguay (com ípsilon). A ser periferia de São Paulo, preferimos ser de Montevidéu.

Foi bom ter sido gaúcho. Agora quero mais.


#GovernaEuMujica


Fonte: Sul21


------------------------------------------------------

Em 20 de setembro de 1835 a 1 de março de 1845 teve a Revolução Farroupilha, revolução ou guerra regional, de caráter republicano, contra o governo imperial do Brasil, na então província de São Pedro do Rio Grande do Sul (hoje Rio Grande do Sul), e que resultou na declaração de independência da província como estado republicano, dando origem à República Rio-Grandense que estendeu-se de 20 de setembro de 1835 a 1 de março de 1845.

Houve também um MOVIMENTO PELA INDEPENDÊNCIA DO PAMPA ( como é chamado o Rio Grande do Sul pelos gaúchos) que foi fundado em Fevereiro de 1990, mas já atuava de fato desde meados da década de 1980. É o Movimento Separatista Gaúcho com reconhecimento internacional.


O auge das atividades do Movimento ocorreu em 1993, quando haviam centenas de Comissões Separatistas Municipais em todo o Rio Grande do Sul. Um abaixo-assinado visando chamar um plebiscito para consultar a população sobre a restauração da República Rio-Grandense estava sendo elaborado e já contava com mais de um milhão de assinaturas de eleitores gaúchos quando foi roubado pela polícia brasileira.


A partir de 1993 o Movimento Pampa passou a sofrer perseguição sistemática por parte do mega sistema que controla o Brasil (políticos corruptos, governos de alguns países estrangeiros adeptos do colonialismo, jornalistas corruptos encabeçados pela Rede Globo de Televisão, etc.). Apesar de se tornar vítima do ódio brasileiro, o Movimento sobreviveu e continua atuando, de forma pacífica, pela restauração da independência da República Rio-Grandense.

No Rio Grande do Sul sempre houve uma campanha separatista para que o Rio Grande do Sul se tornasse um Estado independente do Brasil, o Estado Gaúcho se situa numa região de fronteira com o Uruguai e Argentina.

Hoje o jornalista Samir Oliveira resolveu fazer esta campanha não de independência, mas sim de anexação do Rio Grande do Sul ao Uruguai.



(Burgos Cãogrino)


Vídeo de 2009




12 comentários:

Rogério Pereira disse...

A minha primeira reacção é de perplexidade
A minha segunda reacção é de incerteza
A minha terceira reacção é de questionar...

A perplexidade, é se a palavra de ordem é de ter gostado, porque é que pedir mais significa desagregação?

A incerteza, sendo que Mujica e Dilma são aliados naturais e fazem parte de um bloco económico (com a recente entrada da Venezuela) não sei se este movimento não visa criar focos de tensão na região...

A pergunta: Quem é Samir Oliveira?

BURGOS disse...

Rogério

Samir Oliveira é jornalista do jornal Sul21.
Em 20 de setembro de 1835 a 1 de março de 1845 teve a Revolução Farroupilha, revolução ou guerra regional, de caráter republicano, contra o governo imperial do Brasil, na então província de São Pedro do Rio Grande do Sul (hoje Rio Grande do Sul), e que resultou na declaração de independência da província como estado republicano, dando origem à República Rio-Grandense que estendeu-se de 20 de setembro de 1835 a 1 de março de 1845.

Houve também um MOVIMENTO PELA INDEPENDÊNCIA DO PAMPA ( como é chamado o Rio Grande do Sul pelos gaúchos) que foi fundado em Fevereiro de 1990, mas já atuava de fato desde meados da década de 1980. É o Movimento Separatista Gaúcho com reconhecimento internacional.
O áuge das atividades do Movimento ocorreu em 1993, quando haviam centenas de Comissões Separatistas Municipais em todo o Rio Grande do Sul. Um abaixo-assinado visando chamar um plebiscito para consultar a população sobre a restauração da República Rio-Grandense estava sendo elaborado e já contava com mais de um milhão de assinaturas de eleitores gaúchos quando foi roubado pela polícia brasileira.
A partir de 1993 o Movimento Pampa passou a sofrer perseguição sistemática por parte do mega sistema que controla o Brasil (políticos corruptos, governos de alguns países estrangeiros adeptos do colonialismo, jornalistas corruptos encabeçados pela Rede Globo de Televisão, etc.). Apesar de se tornar vítima do ódio brasileiro, o Movimento sobreviveu e continua atuando, de forma pacífica, pela restauração da independência da República Rio-Grandense.

No Rio Grande do Sul sempre houve uma campanha separatista para que o Rio Grande do Sul se tornasse um Estado independente do Brasil, o Estado Gaúcho se situa numa região de fronteira com o Uruguai e Argentina.

Hoje este jornalista Samir Oliveira resolveu fazer esta campanha não de independência, mas sim de anexação do Rio Grande do Sul ao Uruguai.


Um abraço meu amigo

Tibiriçá disse...

Independentemente de quem seja Samir Oliveira a verdade histórica é que o Rio Grande do Sul com excessão da língua tem muito mais a ver culturalmente com o Uruguay do que com o Brasil. Isso não significa que se criará alguma tensão na região, até porque a constituição brasileira não permite a dissolução da federação. Assim como o Brasil apoia para que os palestinos tenham um Estado, guardadas as devidas proporções, por analogia não poderia ser contra se assim fosse a vontade do povo gaúcho de separar-se do Brasil.

Anônimo disse...

O modo mais fácil para ele se governado pelo Mujica é ir morar em Montevideo.

Paulista contrário a separação disse...


E como vamos ficar sem as loirinhas gostosinhas ai de RGS???...............paulista contrário a separação

voz a 0 db disse...

É por isso que gostava de viver num planeta sem fronteiras inventadas pelas cabeças de uns quantos idiotas!

Isto agravou-se com os Portugueses e Espanhóis lá pelo século XV e na divisão do Mundo entre os dois... Como se fossemos os MAIORES... Miséria absoluta...


Rogério Pereira disse...

Acho que depois de ter ido ao Sub21, sobre a dúvida que tinha fiquei esclarecido...

Acho que depois de seu esclarecimento, mas esclarecido fiquei...

E começo a ter uma certeza:

Oa gringos agradecem que de mão beijada se coloquem momentos embaraçantes entre Dilma e Mujica. Toca em dores antigas?, aviva chagas com história? Venha! O que (para eles) é preciso é que se levantem divisões... e se faça de potenciais amigos, ferrenhos inimigos...

BURGOS disse...

Rogério

Na verdade isso não passará de uma brincadeira, pois a maioría dos gaúchos não aceitará isso.
É claro que isso para o Império americano sería um prato cheio, mas a gauchada continua bastante patriota em relação ao Brasil.


Um grande abraço meu amigo

BURGOS disse...

Voz


Esse sim é o verdadeiro caminho, um mundo sem fronteiras.

Abraços e beijos meu amigo

Giii_r0ch@ disse...

Amigo
aqui no sul a maioria quer que o Rio Grande do Sul se separe do Brasil, mas que não seja governado por Uruguai, mas um país. Muitos de nós não temos nenhum preconceito com o brasileiro, mas suas leis e corrupção nos fazem querer isso e o Brasil pareçe ser formado por 2 unicos estados Rio de Janeiro e São Paulo, então o Brasil não precisa de um RS ou SC ou o nordeste brasileiro tem muita cultura no Brasil mas pareçe que é tudo samba e carnaval. O Rs não é o unico estado que quer emancipação do Brasil, existe varias uniões separatistas no brasil, em alguns casos, paulistas tbm

abraços

Giii_r0ch@ disse...

Amigo
aqui no sul a maioria quer que o Rio Grande do Sul se separe do Brasil, mas que não seja governado por Uruguai, mas um país. Muitos de nós não temos nenhum preconceito com o brasileiro, mas suas leis e corrupção nos fazem querer isso e o Brasil pareçe ser formado por 2 unicos estados Rio de Janeiro e São Paulo, então o Brasil não precisa de um RS ou SC ou o nordeste brasileiro tem muita cultura no Brasil mas pareçe que é tudo samba e carnaval. O Rs não é o unico estado que quer emancipação do Brasil, existe varias uniões separatistas no brasil, em alguns casos, paulistas tbm

abraços

nkv2303 disse...

Eu sou totalmente a favor da independencia do RS...somos um povo totalment diferente...cultura. .costumes...mas desde que essa iniciativa parta do povo rio grandense...e com menos participaçao d politicos..q ja sao tm suas ideias corrompidas pela politica brasileira...somos um povo forte...o suficiente pra pegar em armas se for preciso...oq falta é um líder incorruptível e corajoso o suficiente para nos liderar.
Pois o RS com toda sua força econômica...mas nao só por isso...mas pela força e tradiçao do nosso povo...sempre defendeu a liberdade...nao só nossa...mas tbm d outros...sempre ansiou por isso...
Entao basta nos termos atitude e coragem para começar esse processo...estudantes...camponeses...indígenas...pessoas menos favorecidas dos morros da cidade e do campo...tm d ser um processo q beneficie toda essa gente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...