Minha lista de blogs

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

ONU: Morte de Muammar Gaddafi é considerada “Crime de Guerra”

A morte do líder líbio Muammar Gaddafi foi descrito por Juan Mendez, Relator da ONU, como um "crime de guerra", com base em provas e vídeos de redes diferentes que circularam após a sua captura e posterior morte mostrando a crueldade com que foi tratado Gaddafi.

Juan Méndez, Relator da ONU sobre a Tortura

"
Muammar Gaddafi foi submetido a tratamento que poderia ser caracterizado como tratamento cruel, desumano e degradante, proibido pelo direito internacional para que haja boa evidência com a qual você poderia começar a investigar", disse o advogado.

Mendez disse que é de responsabilidade do governo ilegítimo da Líbia até as últimas conseqüências investigar o crime e para esclarecer os fatos para a comunidade internacional, caso contrário, a concorrência Internacional.a Tribunal Criminal.

"E se a CNT não faz, o bom, Mendez disse, é que este caso tem jurisdição porque o Tribunal Penal Internacional é um dos casos que caem sob a sua jurisdição e, eventualmente, sob o princípio da complementaridade, se o Estado nacional da Líbia não investigou, então fará o Tribunal Internacional. "

Um dos atos mais claros que se qualificam como crimes de guerra, disse Mendez é aquele em que Gaddafi é rendido, desarmado e posteriormente executado.

"Primeiro há um claro crime de guerra, porque ele vê (Gaddafi) rendeu-se, desarmado e, em seguida, aparece morto", disse Mendez em declarações à Notimex.

O
governo líbio visto por Mendez é ilegítimo e tem muito a esclarecer, porque as contradições em que caíram
desde o início sobre a morte do ex-líder , disseram que morreu em combate, então ele não sabiam como ele morreu, ou quem fez isso?



Fonte: libia-sos.blogspot.com
Tradução: Google

3 comentários:

Anônimo disse...

Burgos,

Quanto tempo este senhor vai continuar falando o que pensa? Alguma coisa me diz que teremos retaliações ao estilo caso Unesco/Palestina.

Burgos sobre meu inconformismo expressado noutro artigo , não se preocupe, não passou de inconformismo declarado. Não dá pra desistir, porque simplesmente não temos outra coisa à fazer. A não ser, é óbvio, ligar a Tv e relaxar. Mas nem posso me dar à estas amenidades, porque temo ser atropelado pelo caminhão desgovernado destes nossos tempos. De qualquer forma, grato pelas boas palavras.

Um abraço.
Walner.

Tibiriça disse...

O que este senhor disse sobre o Kadafi o mundo inteiro já sabe e não é preciso ser relator de coisa alguma, muito menos da ONU, talvez disse o que disse apenas por desencargo de consciência, são apenas palavras...palavras sem nenhum efeito prático.

Abraços

Anônimo disse...

È verdade Tibiriça. Como também sabemos de todas as atrocidades na Palestina, mas nem por isso é permitido se expressar ou votar a favor de qualquer prerrogativa daquele povo, sem que se sofra retaliações. Falo dos organismos onde EUA/Israel têm sob controle. O resto é o resto, não conta.

Walner.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...